quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Serviços mínimos

Ainda vale a pena escrever? Está alguém aí desse lado? A impressão com que fico é que o país pára a partir de 15 de Agosto. Está toda a gente de férias, as ruas estão desertas, as fábricas e empresas estão fechadas, uma pessoa precisa de comprar qualquer coisa e não há porque o fornecedor está de férias, espero que continuem pelo menos a abastecer os supermercados senão nem temos o que comer.
Mesmo eu estou em serviços mínimos e já só consigo pensar em beber copos ao fim do dia, jantares com os amigos e ir passar fins de semana fora. Este mês está a ser deveras complicado. Ainda por cima tenho um problema para resolver e não me estou a conseguir concentrar o suficiente para tratar disto como deve ser.
Irei continuar a postar memes, gatinhos e o ocasional desabafo que precise, para tirar o ódio de dentro de mim, para não parecer que o blog está abandonado, mas vou guardar coisas mais elaboradas para a rentrée.

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Inveja é coisa feia

Ou deixo de ver redes sociais até ao fim do verão ou faço unfollow de todas as pessoas que tenho lá e só vejo memes e gatinhos até acabar a época das férias. Ver toda a gente de férias ou a passar fins de semana em sítios giros está a matar-me de inveja. Não aguento mais, cada foto de uma praia ou de uma piscina ou de uma cidade é mais uma facada no meu coração. Não posso pedir às pessoas que parem de pôr fotos, mas posso parar de as ver.
Nota mental: sempre que decidir ir de férias em Maio, assegurar-me que tenho dinheiro e dias de férias disponíveis para ir mais uma vez antes do fim do verão.

segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Odeio carros. Estou farta de carros. Estou farta de gastar dinheiro em carros. Quero uma solução mais barata para a mobilidade. Quero morar perto de tudo e andar sempre a pé. O dinheiro que gasto no carro por ano é absurdo. Ando obcecada com isto. Pode ser por ser este mês que caem as contas todas, e depois até passa, mas estou farta. Que nervooooooooooossssssssssssssss|

Não consigo lidar

Eu queria dizer alguma coisa sobre isto mas não consigo. Só para contextualizar, eu sigo o instagram da Loewe e este é um dos artigos da nova colecção. E esse é o preço.



quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Ainda isto?

Escolhi não amamentar. E está tudo bem


As mulheres são mesmo cabras umas para as outras. Foda-se. Não se percebe mesmo.

Prestes

Era pequena, não sei que idade, era miúda, já sabia ler pelo menos, diria que andava na escola primária, e fui a casa da minha avó um dia. Tinha feito anos há pouco tempo e alguma tia minha tinha deixado lá uma prenda para mim. Um livro com a história do soldadinho de chumbo. Fiquei super contente e li logo a história toda. Algures no livro, tinha a palavra ‘prestes’. Provavelmente nunca tinha ouvido essa palavra na vida. Achei imensa piada. Entretanto chegou uma prima minha lá a casa da minha avó e partilhei com ela a palavra ‘prestes’ e mostrei-lha no livro. Ela achou tão engraçado quanto eu. Andamos a tarde toda de um lado para o outro, pela casa e pelo pátio da minha avó, com o livro na mão, a repetir a palavra ‘prestes’ e a rirmo-nos muito. E a cheirar o livro, que cheirava a papel novo impresso, tinha aquelas folhas grossas bem coloridas, cheias de imagens. Lembrei-me desta história agora porque usei a palavra ‘prestes’. Não costumo usar muitas vezes, mas quando uso lembro-me destes bons momentos.

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Lá por não ir de férias, não quer dizer que não possa ter as minhas loucuras de verão.



Falando em evil corporations, há alguns tops pela internet fora mas queria deixar aqui o meu top, as que eu acho mais más, portanto (não necessariamente por ordem):


Monsanto
Nestlé
Procter and Gamble, Johnson and Johnson, Unilever e todos os outros gigantes da limpeza/higiene
ExxonMobil
BP
Goldman Sachs
Bayer e todas as grandes farmacêuticas


É óbvio que a evil corporation mais evil é a Umbrella Corporation, como toda a gente sabe. Só que não é real, pronto.

terça-feira, 7 de agosto de 2018

Boogieman


Esqueçam as evil corporations, as bombas nucleares, a guerra, o aquecimento global ou o plástico. O novo papão é o turismo. Que mania das pessoas de irem visitar sítios!

segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Teorias da conspiração

Antes era a alunagem que era uma farsa, depois veio a terra que é plana, as vacinas que provocam autismo, os chemtrails, entre muitos outros. Agora são os protectores solares que afinal causam cancro. Não é o sol que causa cancro, são os protectores. Suspeito que as pessoas que acham isto também recusariam quimioterapia caso tivessem cancro e se tratariam antes com reiki.

#eunavida


Eu na vida, desde que comecei a trabalhar.