sexta-feira, 21 de junho de 2024

Revenge is best served cold

Adoro um bom filme de vingança. Filmes em que os protagonistas vão dar porrada e vingar-se de quem lhe fez mal dão-me sempre alguma esperança. É por isso que Kill Bill e John Wick estão nos meus filmes preferidos. Nobody também é muito jeitoso. Recentemente vi o Beekeper e, não tendo entrado para essa categoria, trouxe-me bastante alegria. Especialmente quando são protagonistas que não facilitam. Que matam todos logo, para não haver a hipótese de o mauzão se voltar a levantar e dar-lhe um tiro pelas costas. Quero mais filmes assim.

quinta-feira, 20 de junho de 2024

Meme da semana

 

Eu já estou a conseguir melhorar e a mantê-la lá umas semanas, mas consigo identificar-me muito com isto.

quarta-feira, 19 de junho de 2024

Filmes

The Killing - um ladrão que sai de alcatraz e que acha que, para fazer um novo golpe, tem de ser uma cena a sério. Então planeia um golpe a sério: roubar uma pista de apostas em cavalos, para ter dinheiro para a vida toda. Arranja uma série de cúmplices e tudo parecia correr bem, se não fosse alguém de fora saber do plano e querer o dinheiro para si.

The Beekeper - uma velhinha com internet faz uma cagada típica de velhos com internet: cai num golpe de scammers. Só que não foi pagar 100 euros. Levaram tudo o que ela tinha, incluindo dinheiro que não era dela, mas sim de uma caridade que ela geria. Claro que Jason Statham ficou muto chateado com isto e vai dar porrada a toda a gente até conseguir vingar-se. Terminei o filme bastante satisfeita com o kill count.

Civil War - um colega meu disse 'é o melhor filme que já vi'. Isto cheirou-me logo a esturro, mas disse que ia ver para confimar. Obvs que não é o melhor filme que já vi. É um filme de guerra, mas uma espécie de road movie, porque eles vão estrada fora porque têm de chegar a DC. Eles, que são jornalistas de guerra. Deu-me ali uns flashes de Zombieland, quando eles também andam lá de um lado pro outro e vão aparecendo zombies nos locais e eles têm de se safar. Aqui é igual, mas sem a comédia e num cenário de guerra, não são zombies que aparecem mas perigo e situações inesperadas. 

Anatomy of a Murder - mais um caso de tribunal, agora um militar que é acusado de matar um homem que era acusado de ter violado a sua mulher. Eu percebo que eram os anos 60 e ninguém queria muito saber das mulheres, mas também acho que a situação violação foi tratada de ânimo leve, especialmente pela mulher (obvs que quem escreveu aquilo foi um homem, só pode). Mas o filme é fixe e tem um final bastante inesperado.

Lethal Weapon - um grande clássico dos buddy movies, Mel Gibson e Danny Glover combatem mauzões traficantes de droga. Tudo muito clássico dos anos 80, mas muito bom.

Son of Saul - li numa review deste filme algo como 'o melhor filme sobre o holocausto'. Não acreditei que iria ser assim, mas quis ver, claro. É a história de um homem que estava num crematório de Auschwitz e que, por algum motivo que eu não entendi mas se calhar não tenho estudos, que um dos cadáveres, um miúdo, é o seu filho. E então mete na cabeça que tem de lhe dar um enterro judeu como deve ser, em vez de o atirar para o crematório, junto com os outros. E então só arranja problemas e faz merda. Irritou-me imenso e a certo ponto já só esperava que aquilo terminasse, porque achei que ele ia fazer com que os nazis matassem todos os seus colegas. Agora que penso, até vou baixar a classificação que dei no letterboxd.

segunda-feira, 17 de junho de 2024

Vanish

Às vezes, no scroll, passam por mim aqueles anúncios de aluguer de armazéns. E eu penso que podia alugar um armazém de 1 ou 2 m2 (tinha de ser 2, com 1 quase nem conseguia sentar-me no chão) para ir para lá esconder-me, se precisasse de me afastar do mundo temporariamente.

sexta-feira, 7 de junho de 2024

A new level of crazy

Bancos fechados à hora de almoço - que loucura nova é esta? Agora trabalham todos em part-time, é? Como se já não bastasse fecharem às 15h. Agora só os desempregados e os reformados conseguem ir lá. Não consigo lidar.

quarta-feira, 5 de junho de 2024

Filmes

Reversal of Fortune - um velho rico aristocrata é acusado da tentativa da morte da sua mulher e tem de arranja um advogado para o defender. Depois é o costume, vamos sabendo sempre informações novas até ao final. Eu digo que é o costume, mas não quer dizer que seja mau. Até gostei bastante.

A Man Called Otto - a história de um velho rezingão, Tom Hanks, que aos poucos começa a gostar dos seus vizinhos. É só isto mas é daqueles filmes que nos fazem chorar.

Poor Things - já sei que a minha opinião não vai ser popular, mas, ao contrário de quase toda a gente, não achei este filme genial. Mau? Não. Foi bom. Só não achei o filme do ano. Achei um 7, ou 7,5, vá. E senti sempre um pouco de estranheza com tudo o que se ia passando. isto porque de facto é uma história estranha. Spoiler! Um cientista põe o cérebro de um bebé (isto só se sabe mais a meio do filme) no corpo de uma mulher adulta. E depois ela tem de aprender tudo de novo. As cenas de sexo com os velhos deram-me vómitos. De resto, a fotografia é bonita e os guarda-roupa é colorido - a certo ponto, já estava a obcecar com aqueles calções que ela usava, todos iguais mas de cores diferentes e que nem lhe ficavam nada bem, mas isto não conta para a review. Acho que a Emma Stona mereceu o oscar mas o filme não.

The Unbearable Weight of Massive Talent - um filme de Nicholas Cage sobre Nicholas Cage. Nicholas Cage está no fundo do poço e tem de aceitar trabalhos de caca. A realidade a certa altura, portanto. Nisto, entra nesse mundo de 'fazer presenças'. Vai para a  ilha de um milionário que era obcecado por ele mas acaba enrolado numa história de mauzões e muita acção. Muito engraçado e acho espectacular o Nic Cage ter a coragem de fazer um filme assim sobre ele.

Adventureland - isto parece um filem do Woody Allen, mas em vez de ser com velhos judeus neuróticos é com adolescentes. São adolescentes que trabalham num parque de diversão e ele gosta dela mas ela anda com outros, e etc etc.

The Holdovers - para muitos, este devia ter sido o filme do ano. Eu não achei tanto, mas achei bom, sim. É mais uma história de redenção, desta vez de um professor mal disposto que fica na escola durante as férias de natal para tomar conta de um aluno. Também dá para chorar, como estes filmes dos chatinhos que afinal têm coração.

segunda-feira, 3 de junho de 2024

Out of the box

Ideia para site de gossip de celebridades: um site sem qualquer notícia sobre a Taylor Swift.

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Filmes

To Be or Not to Be - uma comédia sobre nazis. Isto já diz muito e, para mim, já é quase a fórmula para o sucesso. Passado na Polónia ocupada de 1942, os membros de uma companhia de teatro fazem-se passar por nazis para salvarem uma actriz que foi apanhada nas teias de um oficial nazi.

Basic Instinct - revi este clássico do Paul Verhoeven, sobre uma suspeita de assassínio do marido que é investigada por um detective da polícia, que se enrola com ela. Não desilude.

France - uma jornalista muito famosa atropela um tipo numa mota e, a partir daí, a sua vida vai mudar. Não esperava muito deste filme, mass gostei bastante. 

The Burial - um advogado famoso, a custo no início, ajuda um proprietário de uma casa funerária a processar a empresa que o enganou. Restaura a nossa fé na humanidade e fuck capitalism!

Argylle - um filme espectacular porque tem o Sam Rockwell. É uma historinha de espiões, misturada com comédia. Entretém bastante, não sendo uma obra de arte.

Irma la Douce - uma comédia do Billy Wilder, com Jack Lemmon. Até aqui, nada de novo. Ele apaixona-se por uma prostituta e tenta comprar o seu tempo todo para ela não estar com outros homens. Não é, de todo, dos melhores filmes do Wilder, mas é engraçado.

segunda-feira, 27 de maio de 2024

Estudos da treta

Depois de analisar o comportamento de vários gatos conhecidos, cheguei a uma conclusão: os porquitos, que fazem xixi fora da caixa, são os tigrados. E os cegos, mas estes eu percebo.

PS1:Análise baseada em observação de 9 gatos, dos quais 3 são tigrados.
PS2. Provavelmente não é fiável e foi só para ser engraçada.
PS3: Não discriminem os gatos tigrados, são os mais fofos.

sexta-feira, 24 de maio de 2024

The elders

OMG que moda é esta dos óculos à velhinha agora? Os de metal dourado fino e meio redondos, que faz toda a gente parecer que tem 84 anos. Não tenho coragem de dizer às minhas amigas e colegas que compram que são horríveis e lhes ficam super mal. Mas não aguento. Espero que isto passe de moda rápido.

quarta-feira, 22 de maio de 2024

Filmes

Army of the Dead - um filme de zombies, claro que tinha de ver. Desta vez, é uma equipa que foi contratada para recuperar um tesouro de uma zona infestada pro zombies. O resto do filme é o costume. Bom, claro.

The Zone of Interest - um dos filmes mais falados na oscar season deste ano. Um filme inglês, mas falado em alemão, que conta a história de uma família que morava ao lado de Auschwitz. Mas não era uma família normal, apedar de tentarem ter uma vida normal, era a família de um dos mais importantes comandantes de Auschwitz. No fim do filme, só queremos que todos morram ou, se não der, que sejam bastante infelizes, pelo menos.

The Caine Mutiny Court-Martial - este filme é conhecido por ser o último do realizador William Friedkin (morreu pouco depois do filme sair), que é conhecido por ter realizado O Exorcista. É um filme de tribunal, onde ouvimos várias testemunhas para perceber de quem foi a culpa de uma revolta a bordo de um navio militar.

Sex, lies and videotape - o primeiro filme de Steven Soderbergh e o filme onde o querido James Spader ficou conhecido. Conta a história de um casal que recebe um velho amigo dele e depois várias coisas começam a desenrolar-se. Tem algumas cenas, não propriamente sexuais mas relacionadas com sexo, um bocado maradas.

Lamb - bem, antes de ver este filme, achei que só podia ser um lixo. Uma mulher que dá à luz um ser meio humano, meio ovelha. Toda esta premissa já é estranha. Mas o filme não é tão estranho quanto isso e, enquanto vemos, até nos parece verosímil. Mas foi o final de que mais gostei, que muda completamente o tom do filme.

Lawrence of Arabia - um clássico de mil horas. Mil não, mas quatro. É preciso estar bem comprometido com este filme para ver tantas horas. Mas não achei seca e vi bem. Em duas ou três visualizações, claro. É a longa história de um oficial britânico, Lawrence, que vai para, adivinhem, a Arábia, e fica a lutar ao lado deles contra os turcos.

segunda-feira, 20 de maio de 2024

The siren

A gata Rita é tão tão tão tão tão tão tão tão chata, que quando eu não a ouço miar e a casa está em silêncio acho que ela pode ter morrido e vou procurá-la.

sexta-feira, 17 de maio de 2024

GPS for dummies

Um dia destes, ia trabalhar e vejo este anúncio num daqueles painéis: Acesso VCI Norte fechado. O que é norte??? Dá para usarem referências universais, tipo acesso Antas fechado? A solução foi continuar e perceber, mais à frente, que a minha entrada estava fechada e tinha de dar uma volta maior.

quarta-feira, 15 de maio de 2024

Filmes

The Father - uma história bonita e triste de um pai idoso que tem demência. Está bem feito porque  mesmo as personagens para nós mudam, então nós próprios não percebemos nada. Ahahaha não não, brincadeira. Percebemos mas fiamos confusos, como ele..

That Obscure Object of Desire - um filem de Luis Buñuel, desta vez sobre um velho que se apaixona por uma miúda nova. Mas aqui tem piada porque era a gozar com isso.

The Killer - o mais recente filme do David Fincher que toda a gente odiou e eu gostei. Não traz muito de novo, é um assassino que foge da entidade que lhe paga e o quer matar - quantos filmes deste já se fizeram? - mas é engraçado porque ele diz umas coisas engraçadas e é o Michael Fassbender.

She Said - uma jornalista que investiga uma história do Harvey Weinstein. Supostamente é baseado em factos verídicos e ainda bem que alguém teve coragem de falar e o expor.

Saltburn - o último filme marado de que se falou, é a história de um rapaz pobre que se torna amigo de um rapaz rico. Mas claro que nada é o que parece. Spoiler alert! Este filme foi muito falado e julgo que foi por causa das cenas sexuais estranhas e do nu frontal no final do filme. Não é genial, mas é bastante diferente, isso é verdade.

Primal Fear - depois de ler uma crítica de Saltburn onde diziam 'para isso, via o Primal Fear', fui ver o Primal Fear. Conta a história de um moço que foi acusado de um crime e que arranja um advogado conhecido que o defende. Apesar de ser um contexto completamente diferente e ter menos cenas sexuais, também é uma história de deception. E é um pouquinho melhor do que o Saltburn.

segunda-feira, 13 de maio de 2024

The worst

Está na moda ver vídeos de lavagem de tapetes. Os tapetes usados nesses vídeos são os mais porcos, sebosos, badalhocos, nojentos que se podem pensar. Nem consigo conceber alguém usa um tapete naquele estado. Podiam exagerar menos e usar um tapete branco que ficou bege e que volta a ser branquinho. Não era preciso ser um tapete com todo o sarro do mundo em cima.

sexta-feira, 5 de abril de 2024

Ageism

Homens tão mais velhos do que as parceiras que podiam ser seis pais. Bergman Island, Basic Instinct, Mank, Ferrari, Adventureland? Só asim de cabeça em 5 segundos, há dezenas de outros exemplos fáceis. Não sei se é assim na vida real, mas esta tendência no cinema mete-me nojo, pela discriminação das mulheres mais velhas. Homens tudo bem, escolhem os velhos e famosos, mulheres é que têm de ser jovens e com as peles bem firmes, senão não servem. Quando eu critico o Hitchcock por ter feito isto nos anos 60, esperava que se fizesse melhor no presente. Mas parece que se mantém tudo igual.

quarta-feira, 3 de abril de 2024

Easy math

Para quem precisa de ouvir, as hipóteses de ganhar o euromilhões são 1 em 140 milhões.

segunda-feira, 1 de abril de 2024

Dúvidas

Dúvida da semana: porque é que não se usam sinaleiros? Os polícias que orientam o trânsito. No Porto, vejo tantos semáforos que claramente não estão optimizados quando há muito fluxo de carros que uma pessoa lá iria de certeza pôr tudo a mexer muito mais rápido.

terça-feira, 26 de março de 2024

Escolha múltipla







Escolham uma ou várias:

  1. Ela é obcecada por casacos gigantes
  2. O/a stylist dela é obcecado/a por casacos gigantes
  3. Estão a tentar lançar uma nova tendência
  4. Não encontram casacos no tamanho dela

PS: caso não saibam, porque eu também não sabia, esta pessoa é Benedetta Porcaroli, uma actriz qualquer que encontrei por acaso no instagram

segunda-feira, 25 de março de 2024

sexta-feira, 22 de março de 2024

Filmes

Clerks III - o terceiro tomo dos amigos da loja de conveniência. Agora Randall e Dante estão mais velhos, como todos nós que vimos o primeiro Clerks. Jay e Silent Bob também estão mais velhos, mas continuam a ser todos amigos. Mas a idade também traz complicações de saúde, e um episódio de doença inspira-os para fazerem um filme. Não é tão bom como o primeiro, mas vale para vermos as personagens de quem gostamos e para fecharmos o ciclo.

Extraction 2 - com o lindinho Chris Hemsworth, segue a primeira formula do primeiro. É preciso salvar alguém e o Tyler Rake é precisamente o homem para esse trabalho. Muita acção e as persignes do costume mais algumas novas. Quem gostou do primeiro, vai gostar deste. Se não é o vosso tipo de filme, passem à frente.

Get Out - primeiro filme muito falado do realizador Jordan Peele. Já é de 2017, estou bastante atrasada, mas mais vale tarde que nunca. Fico sempre um pouco apreensiva quando os filmes têm muito hype, porque muitas vezes fico desiludida (vide Poor Things muito mais à frente, ainda tenho de escrever sobre esse). Então vi mas sempre com o disclaimer de que provavelmente nem ia ser assim tão bom. Mas afinal foi. Um mega twist, super inesperado, e bastante suspense. Uma bela surpresa.

Dracula - o clássico de 1931, com Bela Lugosi. Aplica-se exatamente o que escrevi para o Frankenstein: A história acho que toda a gente já sabe, já houve centenas de outras adaptações. Mas este foi o primeiro e é muito bom.

Stoker - é uma história bastante estranha de uma miúda e a sua mãe, e um tio dela que aparece nas suas vidas. É daqueles filmes que me provou uma espécie de desconforto e/ou estranheza, há cenas assim bem maradas, mas que gostei.

Ferrari - a história da família e da empresa Ferrari e como se tornaram os grande competidores que ainda são. Por alguma razão, o meu cérebro agora acha que o Adam Driver só vai fazer filmes sobre histórias de famílias italianas famosas - vide House of Gucci. Sinto que é daqueles filmes que saio do cinema e me apetece dar um 8, mas que passado um mês nuca mais me vou lembrar dele nem nunca mais vou querer ver - e confirma-se - e por isso dei 7. Mas é bom, sim.


quarta-feira, 20 de março de 2024

A new low

Desculpa de toda a gente para ver programas de caca: preciso de desligar o cérebro.

Para verem cenas com qualidade não é preciso fazer o mesmo esforço mental como para aprender física nuclear. Eu entendo o conceito de não dar para ver sempre só filmes do Tarkovsky ou do Kubrik, mas também não é preciso descer tanto quanto as pessoas acham que é preciso.

terça-feira, 19 de março de 2024

A verdadeira abundância

Sendo que TODOS os livros que se compram agora trazem um marcador, mais todos os que comprei por serem bonitos e todos os bilhetes de museus e concertos bonitos que gosto de guardar para usar como marcador também, tenho agora um superavit bastante considerável de marcadores de livros.

sexta-feira, 15 de março de 2024

Tudo se paga

Descobri recentemente que para se fazer voluntariado tem de se pagar. Aqueles eventos que as empresas organizam, tipo ir limpar praias ou plantar árvores são pagos. Não sendo caríssimos, não é propriamente um valor simbólico. A minha vontade de ajudar desapareceu.

quinta-feira, 14 de março de 2024

Filmes

Misbehaviour - passado nos anos 70, conta a história supostamente verdadeira de um grupo de mulheres que se une para boicotar o concurso Miss Universo. Tem a Keira Knightley mas até gostei do filme.

Benedetta - bem, este não é pra fracos. É um filme de Paul Verhoeven, que é conhecido pelos seus filmes violentos e/ou eróticos. E ambos estão aqui presentes. Conta a história de uma freira, Benedetta, no século XVII, que teria visões religiosas mas com conteúdos muito eróticos também. E que começa uma relação com uma outra freira do convento. Mas há quem queira vingança dela. É um filme bastante intenso mas também bastante bom.

Maestro - um dos filmes nomeados para o Óscar de melhor filme este ano, conta a história de um dos maiores maestros de sempre, Leonard Bernstein. Dei 7 estrelas quando saí do filme, mas depois deixei assentar e acho que merece um pouco menos. Um 6.5, vá. O início enervou-me um pouco, já nem sei bem porquê. Mas vê-se que é um filme feito para os óscares. Bradley Cooper está bem e a Michelle Williams ainda melhor.

Notes on a Scandal - um filme que conta a amizade entre duas professoras, uma bastante mais velha do que a outra, mas que começa a ser mais do que amizade para uma delas, que se torna vingativa quando não consegue o que quer. Também é de mencionar que a mais nova está a ter um caso com um dos seus alunos que tem 15 anos. Portanto, este filme é tudo menos inocente. Cate Blachett e Judi Dench estão ambas muito bem.

Battle of the Sexes - um filme que me parecia bastante mediano, e que acabou por ser uma surpresa. Não é genial, calma, mas é jeitosinho, para o género. Conta a história verdadeira da um jogo de ténis entre um ex-campeão e a actual melhor jogadora. Engaçado e tem o Steve Carell, de quem gosto muito, e a Emma Stone, de quem toda a gente gosta muito.

The Bride of Frankenstein - é a continuação do Frankenstein de 1935, em que o monstro afinal não morreu e agora sente-se sozinho e quer uma companheira, obrigando o Dr. Frankenstein a fazer-lhe uma. Mas já se sabe que estas coisas nunca funcionam, né? Mas, mais do que terror, a história de Frankenstein e o monstro é bastante triste.

quarta-feira, 13 de março de 2024

segunda-feira, 11 de março de 2024

Lessons learned

Nunca mais ir ao domingo à tarde ao cinema. E não é domingo à tarde 15h ou 16h, que essas sessões eu sei que estão sempre à pinha. A do final da tarde também, 18h30. Já não ficava à beira de alguém no cinema há anos e espero que voltem a passar outros tantos até isto acontecer de novo. Uma experiência terrível.

quinta-feira, 7 de março de 2024

Conselhos

Eu: os citrinos ajudam a absorver o ferro, devias comer.

Pai: Ooohhh lá vens tu com invenções….


Mongo iletrado qualquer no balcão do café: faz bem comer uma laranja de manhã

Pai: *come laranja todos os dias*

quarta-feira, 6 de março de 2024

segunda-feira, 4 de março de 2024

Filmes

Sempre atrasada nas reviews dos filmes. Ou então vejo filmes a mais. Apenas dignos de menção os que dei nota igual ou superior a 7 (em 10).

Pearl - um filme de terror bem assustador. Pearl parece adorável mas afinal vamos percebendo que ela tem um parafuso a menos. Ou vários. se são sensíveis, não vejam, tem algumas cenas bem violentas. Mas isso é que o torna tão bom. E tem aquela frase sensação 'I'm a star!'. Mas teriam de ver para perceber.

Frankenstein - o clássico, de 1931, com a estrela Boris Karloff. A história acho que toda a gente já sabe, já houve centenas de outras adaptações. Mas este foi o primeiro e é muito bom.

Where'd You Go, Bernadette - este é um filme que as mães e pais devotos não vão querer ver. Uma mãe, farta da vida que leva, deixa tudo para trás e vai à aventura. Cate Blanchett num dos poucos papéis em que não faz de Cate Blanchett e só por isso já vale a pena.

The King of Comedy - uma comédia dos anos 80, com Robert de Niro e o grande Jerry Lewis. Quando era miúda, era grande fã dos Jerry Lewis, dava muita coisa dele na televisão. Aqui ele também faz de um grande comediante, que tem um stalker que quer ser como ele. Não sou fã do Roberto de Niro, mas consegui ultrapassar isto e gostar bastante do filme.

See How They Run - um daqueles filmes médios que eu adoro. Médios, de acordo com o iMDB, que só lhe deu 6.5. Eu acho que está muito subvalorizado. OK, tem o Sam Rockwell e eu não sou muito imparcial com filmes dele. Mas é um bom filme, bem feito, engraçado, sem ser palhaço. Bem mais do que eu filmezito de domingo à tarde. Eu dou-lhe um 8.

The Exterminating Angel - um filme surreal de Luis Buñuel, como quase todos. Desta vez, um grupo de pessoas que se juta para jantar depois não consegue sair de uma sala, não havendo nenhum impedimento físico, e que chegam ao limite da humilhação humana. Engraçado ver as regras da boa educação a desaparecerem aos poucos. Bastante interessante.


sexta-feira, 1 de março de 2024

Em minha casa

Mãe: Tens alguma coisa nova?

Eu: Sim, aquele quadro *aponto para quadro com poster do Casablanca*

Mãe: É o Júlio Iglesias?

Eu: *suspiro*

quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Lesmas

A uber devia ter uma funcionalidade que era avisar que o motorista que aceitou a nossa viagem tem um Zoe e nós podermos cancelar e esperar que um carro que possa andar nos limites de velocidade nos venha buscar. Meu Deus, se um gajo tiver pressa e vier um Zoe, é dar a missão como perdida. Andar a 30 km/h para eles já é a loucura. 

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

A felicidade constrói-se

Terapia: os euros mais bem gastos do meu mês. Apesar de não ser barato e de nem em todas as consultas eu sair de lá feliz com a vida (alas, já saí de lá várias vezes lavada em lágrimas mas também faz parte). Já vou há quase quatro anos e... que diferença! Não posso afirmar que todas as mudanças sejam devido à terapia, mas posso afirmar que me ajudou a ter perspectivas muito diferentes sobre algumas coisas e a (tentar) mudar o meu comportamento e pensamento para melhor. Um dia destes uma amiga perguntava-me o contacto da minha terapeuta para dar a uma outra amiga, uma vez que conhecia mais pessoas que tinham feito mas eu era a única pessoa que estava contente com os resultados. Não acredito que não resulte em mais ninguém, só em mim, por isso se calhar as pessoas têm mesmo de procurar um terapeuta melhor ou um com quem se sintam melhor, pode nem ser uma questão de ser melhor, mas simplesmente de as pessoas estarem mais alinhadas. E não esperar saírem de uma consulta já super felizes e positivos e tudo e tudo. Demora, vai acontecendo, aos poucos. Também conheço casos de pessoas que estavam indecisas entre fazer terapia e consultas de reiki/constelações familiares e acabaram por se decidir a fazer as últimas. Acho que não preciso dizer mais nada, pois não?

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2024

Memórias

Coisas que se perderam ao longo dos anos: pintar as unhas com verniz transparente.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2024

Nem tudo o que reluz é ouro

Toda a gente conhece de certeza pessoas que se sabem vender muito bem em termos profissionais e/ou pessoais, mas que depois não são assim grande coisa. Mas há dois tipos de pessoas: a que mentem ou, vá, contam uma versão melhorada dos factos para parecerem bem e há também as que realmente acham que são boas e que não mentem propositadamente, só contam a versão em que acreditam, que não corresponde bem à realidade.

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024

Ano novo, cenas novas

A alegria redescoberta de andar com dinheiro na carteira e pagar com notas e moedas, sem o medo de só aceitarem cartão a partir de 5 euros e ter de trazer coisas que não preciso para poder pagar as que preciso.

terça-feira, 13 de fevereiro de 2024

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2024

DYI

A cena mais chata de fazer nas tarefas de bricolage são os furos na parede. É preciso medir, ter a certeza que não estamos a furar em cima de um fio de electricidade, rezar para que o buraco não saia torto ou ao lado (ok, este último se calhar sou só eu). E depois limpar a sujeira toda que cai no chão e meter a bucha e esperar que tenhamos furado o suficiente. Estando isto feito, o resto é só aparafusar e martelar e encaixar. Imaginem a minha alegria quando percebo que furos anteriores dão para coisas novas <3

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

quinta-feira, 8 de fevereiro de 2024

Para não forçar a vista

Adoro a crença generalizada de que os lugares de trás do cinema são os melhores. Adoro ficar sossegada nos lugares da frente onde vejo melhor e tenho menos ruído de fundo.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2024

Realidades paralelas

A Ferrari deve o seu nome ao criador da marca de automóveis, o italiano Enzo Ferrari. Se tivesse sido criada em Portugal, hoje poderia haver uma marca de automóveis Ferreira, talvez criada por um engenheiro muito empreendedor chamado Manuel Augusto Ferreira. E tínhamos o Ferreira F430 ou o Ferreira 360 Modivas.

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2024

Sonhos fáceis

Coisas boas do mundo: gavetas com rolamentos. A minha mesinha de cabeceira não tem e deixa-me triste. Mas não vou obcecar. Não vou obcecar. Não vou obcecar.

sexta-feira, 2 de fevereiro de 2024

A verdade

O Instagram é o contrário do Twitter. Enquanto que uma pessoa entra no Twitter e perde a fé na humanidade, uma pessoa entra no Insta e só vê amor. Toda a gente é grata, toda a gente é fofa, toda a gente deseja muito amor e tem muito amor para dar. Mas, também à semelhança do Twitter, as coisas não são bem assim. Não vejo este amor todo quando estou com as pessoas, quando ando no mundo. Não vejo toda esta gratidão e bondade. Conclusão: o Twitter é onde as pessoas vão lançar o ódio e o Insta é onde vão ser falsas boas.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2024

Frases sábias

My camp is based on a German tourist I saw in London, a while back. No one really wants to interact with a German tourist. Parisians avoid them like the rest of the world avoids street mimes.

The Killer, David Fincher

O filme não é genial, mas tem partes assim muito engraçadas como esta e algumas referências pop que achei engraçadas, por isso gostei.

terça-feira, 30 de janeiro de 2024

I wish upon a star

Desejos para 2024: que a Ritinha deixe de fugir de mim quando lhe tento por a mão. Anda sempre atrás de mim para receber mimos e festinhas, mas se sou eu que vou ter com ela, foge a sete pés. Go figure.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2024

Autoridade tributária

Começa o ano e começa a praga de termos de levar com toda a gente a pedir faturas com NIF nos supermercados.

sexta-feira, 26 de janeiro de 2024

Grandes promoções

Estava aqui a pensar ainda na Black Friday e agora nos saldos, e como todos os anos aguardo ansiosa pelas promoções. Uma grande oportunidade para fazer grandes negócios… em ração e areia. O que eu compro sempre na Black Friday e nos saldos é ração de gato e de cão e areia para os gatos, que são um roubo em outras alturas. Vidas.

quarta-feira, 24 de janeiro de 2024

A tradição já não é o que era

Não sou de tradições mas gosto de criar as minhas próprias tradições. O mergulho no mar em janeiro (mas não no primeiro dia do ano, um dia qualquer em janeiro) tem sido uma que tenho feito nos últimos anos. Custa um pouco, mas sabe bem. Ou nem custa assim tanto, porque a água tem estado melhor do que no verão. 

terça-feira, 23 de janeiro de 2024

Antes e depois


Em setembro de 2022, costumava ver um gatinho preto aparentemente novo numa colónia de gatos controlada perto de minha casa. Andava lá pelo passeio, magrito. Mas têm comida e água e abrigo por isso achei que estava num bom local. Um domingo fui deitar a reciclagem aos ecopontos à beira e consegui ve-lo de perto. Magro que fazia impressão, pelo todo sujo (típico de gatos que não se lavam porque estao debilitados) e quando tentou miar saiu um som que era tudo menos um miau. Não consegui deixá-lo lá. Fui a casa buscar a transportadora e lá o trouxe para casa. Chamei-o de Chico. O Chico estava com diarreia e vómitos permanentes, mas fora isso nada de mal foi detectado. Andou assim semanas, apesar de muitos probioticos, medicamentos e rações diferentes. Lá foi ganhando um pouco de peso, foi vacinado e esterilizado. Os vómitos pararam, as diarreias melhoraram. Entretanto tinha passado meio ano e ele estava morar na minha cozinha e pátio. Um encontro imediato entre ele e a ritinha não correu bem, por isso fiquei com medo de o apresentar aos demais, apesar de ele tolerar a Maia. Ele já não gostava de mim nesta altura, por causa de todos os medicamentos que lhe enfiei pela goela abaixo. Então a minha mãe disse que ficava com ele. Foi morando aos poucos em divisões da casa dela, até ele perder o medo e os outros se habituarem à sua presença. Até que tentamos a apresentação gradual, que foi funcionando, apesar de algumas contrariedades pelo meio.


Fast forward para o presente. Chico adora os meus pais, vai-se dando com os outros dois gatos, apesar de uma ou outra briga de vez em quando, está com peso normal e peso muito brilhante e até já me suporta (mas demorou bastante a recuperar do trauma dos medicamentos). É o rei da casa, porque os outros são mais velhos e ele anda sempre na palhaçada. Gosta de aninhar-se juntos dos meus pais, no quentinho. Mas colo não! Chiquinho vivendo o sonho :)

segunda-feira, 22 de janeiro de 2024

Throwback

Vi mais do que uma pessoa nos stories do instagram a dizerem que 2023 foi o melhor ano da vida delas. Invejo a certeza e a sorte delas. Acho que nunca olhei para um ano e pude dizer isso. Pode ser que ainda venha aí.

quinta-feira, 18 de janeiro de 2024

Red flags

E aqueles médicos que perguntam o que fazemos? 'Então diga la o que é que faz'. Que é que lhes interessa? É para saber se somos pessoas de bem ou não? Pelas minhas estatísticas, só os tolos perguntam isso. Cautela.

terça-feira, 16 de janeiro de 2024

Viver para comer

Há muitos anos, quando pus aparelho, fiquei cerca de uma semana sem poder comer. Vários dias chorei na cama antes de dormir. Mais recentemente, tive de fazer uma colonoscopia e tive de fazer os dois dias de dieta mais um de jejum. Não chorei mas várias vezes pensei se aquilo valia mesmo a pena e se não ia desistir. Isto leva-me à conclusão de que a comida assume um papel demasiado importante na minha vida talvez. Tenho de repensar as minhas escolhas.

segunda-feira, 15 de janeiro de 2024

Trendy

No final do ano, toda a gente no meu insta a ir para os mesmos destinos de promoção da Ryanair. Também já fiz isso, e calhei em Marselha, e não caio mais na esparrela.

sexta-feira, 12 de janeiro de 2024

Keep rolling

Nova obsessão: cenas com rodas, fáceis de transportar. Comprei um contentor para ração e tem rodinhas. Quando vi as rodas, soube que era aquele. Tive também de comprar um novo desumidificador. Quando estava a escolher e vi as rodas (e o preço, ok), conquistou-me. Quero tudo com rodas agora.

quarta-feira, 10 de janeiro de 2024

Cinema 3

O menu trazia um litro de coca-cola. Um litro! Para uma pessoa. Até devia ser proibido vender estas quantidades industriais de refrigerantes.

terça-feira, 9 de janeiro de 2024

Cinema 2

Fui super roubada no bar do Arrábida shop. Um menu de nuggets e batatas custa 12 euros. O pacote mais pequeno de pipocas, sem bebida, mais do que 5. O bilhete grátis da antestreia afinal ficou-me bem caro.

segunda-feira, 8 de janeiro de 2024

Cinema 1

Tive bilhetes grátis para a antestreia de Wonka e por isso fui. E só digo isto: ao que os actores se têm de sujeitar para se manterem conhecidos.

quinta-feira, 4 de janeiro de 2024

Pessoas de bem

Maneira fácil e polémica de perceber quem é que é parolo, mesmo que tenha um carro muito caro: tralhas penduradas no espelho retrovisor. Nem que tenham um Porsche, se tiver lixo pendurado, é algum parolo que até pode ter dinheiro, mas não é de bem.

quarta-feira, 3 de janeiro de 2024

Directo para o inferno

Descobri recentemente que uma colega não recicla. Acho que não imaginam o meu espanto, nem o bullying que lhe fiz. Em 2023, não sendo boomer (que até a minha mãe recicla há quase 20 anos), é indesculpável.